História M’Boi Mirim

Conheça a historia de Mboi Mirim

Você conhece o nosso mirante?  Lá, você pode conhecer um pouco mais sobre a história de M’Boi Mirim, até se tornar os bairros de Jardim Ângela e Jardim São Luís.

A história de M’boi Mirim – Jardim Ângela – Jardim São Luis – está diretamente ligada ao desenvolvimento de Santo Amaro. M’Boi Mirim na linguá indígena significa rio das cobras pequenas.
O Processo de ocupação na região do M’Boi Mirim começou a ocorrer por volta de 1607, quando foi instalado o Engenho de Nossa Senhora da Assunção de Ibirapuera e a primeira extração de minério de ferro da América do Sul. A atividade mineradora durou cerca de 20 anos e após esse período o local ficou praticamente desocupado por 200 anos, servindo apenas de rota para viajantes que seguiam rumo a Embu e Itapecerica da Serra.
Em 1829 iniciou-se o novo processo de ocupação no local, com a chegada de 129 imigrantes alemães, trazidos por D. Pedro I para a colonização dessas terras. Três anos mais tarde, a região de Santo Amaro, que incluía a antiga Aldeia do M’Boi Mirim, foi elevada à categoria de Município.
Pouco tempo depois a região era a principal produtora de batata, marmelada, farinha de mandioca, milho, carne, madeira e insumos de construção civil. São Paulo absorvia grande parte da sua produção. Por esse motivo, em 1886 ocorreu a inauguração da primeira ligação de bondes movidos a vapor entre os dois municípios.
Já no inicio do século XX a São Paulo Tramway, Light & Power iniciou o represamento do Rio Guarapiranga e alguns afluentes do Rio Pinheiros, com o intuito de regularizar a vazão do Rio Tietê nos meses de seca e alimentar as turbinas da Usina de Parnaíba. Com a implantação da represa, um novo público, formado principalmente por alemães e italianos, foi atraído ao local dotado de belezas naturais a fim de realizarem atividades de lazer, como caça, pesca e esportes náuticos. Com isso, a área atualmente formada pelo Distrito do Jardim Ângela ficou conhecida na época como Riviera Paulista.
Em 1934, com a inauguração do Aeroporto de Congonhas, o Município de Santo Amaro foi extinto, sendo sua área anexada ao Município de São Paulo.
Na década de 50 a região do M’boi Mirim passou por um intenso processo de ocupação, iniciando-se o loteamento dos sítios e chácaras, formando diversas vilas ocupadas pelos operários das indústrias em franco crescimento na região de Santo Amaro. Essa ocupação progrediu lentamente até a década de 60, quando passou a ser predatória e desordenada, ocupando inclusive as áreas de proteção ambiental, sob as vistas complacentes do poder Público.
Nessa época foi criado o Parque Municipal do Guarapiranga (1974).
Interessante, não? Convidamos você a conhecer o nosso mirante após a visita aos seus entes queridos. Além de conhecimento sobre a região, o local pode te proporcionar maior paz de espírito e tranquilidade durante um momento difícil.

Para conhecer nossos serviços, clique aqui.

Deixe um comentário