Terapias alternativas para lidar com o luto.

Lidar com o luto é uma das situações mais difíceis pelas quais passamos, porque, obrigatoriamente, temos que encarar a dor de perder alguém. Não é à toa que às vezes o primeiro estágio do luto é justamente o da negação, tamanha dificuldade de aceitar a morte e o vazio emocional que ela pode acarretar. Por isso, é importante encontrar formas e atalhos que ajudem a lidar com o luto. As terapias alternativas para lidar com o luto podem ser um bom caminho. Elas são bastante diversas e você pode adotar aquela com que mais se identificar.

Já pensou em usar plantas e flores como terapias alternativas para ajudar no momento de luto?

Os florais são terapias alternativas para o luto que utilizam extratos de plantas e flores para ajudar na regulação emocional. Um aspecto positivo é que eles não possuem contraindicação e podem ser utilizados em qualquer idade. É possível encontrar os florais em farmácias de manipulação, seja com fórmulas prontas ou manipuladas.

Há florais para os mais diversos sentimentos: tristeza, raiva, solidão, angústia, medo, impaciência e ansiedade, todos bem comuns em momentos de luto. Sendo assim, a escolha deve se basear naquela emoção que está mais latente e difícil de controlar. Um exemplo de floral bastante usado é o chamado “Star of Bethlehem”, indicado para situações emergenciais e de grandes traumas por proporcionar sensação de alívio.

Você conhece a naturopatia e como ela é uma terapia alternativa para lidar com o luto?

Uma terapia alternativa para o luto é a naturopatia, cujo olhar para o ser humano e sua saúde engloba a integração entre corpo, mente e espírito. Com essa abordagem integralista, o intuito é remover os obstáculos que impedem que a pessoa tenha bem-estar. Um exemplo de barreira é a negatividade, sintoma comum em alguém que esteja passando pelo luto.

O profissional de naturopatia avaliará o seu paciente com o objetivo de compreender como o seu corpo funciona, por isso é uma terapia de caráter individual. Aliada à medicina moderna, as técnicas utilizadas são consideradas não invasivas, como acupuntura, massagens, hábitos alimentares saudáveis, exercícios físicos, entre outras. Dessa forma, a naturopatia, além de ser uma terapia alternativa para o luto, é uma forma de prevenir diversas doenças, como depressão, diabetes e problemas cardiovasculares.

Acalme a mente e os sentimentos de luto com meditação

Os benefícios da meditação têm sido alvos de pesquisa há alguns anos e estão cada vez mais comprovados. Alguns deles são: redução do estresse e sentimentos negativos, como a raiva, melhora da autoestima, aumento da sensação de bem-estar, diminuição da ansiedade, estabilização da pressão sanguínea, entre diversos outros.

Por isso, a meditação também pode ser vista como uma terapia alternativa para lidar com o luto. Engana-se quem pensa que precisa passar muito tempo meditando. O indicado é começar a prática com poucos minutos diários e ir aumentando gradativamente, conforme for se sentindo confortável. Ela pode ser feita em silêncio, com sons da natureza e até de forma guiada. Atualmente, há diversos canais no Youtube dedicados a práticas de meditação guiada, assim como aplicativos gratuitos. 

A meditação pode ser feita em qualquer lugar: em casa, no trabalho, em viagens e onde mais quiser. Basta fechar os olhos, iniciar o processo com algumas inspirações profundas e manter o foco na respiração, inalando e exalando pelo nariz.

Musicoterapia é terapia eficiente para lidar com o luto.

A música faz parte do dia a dia das pessoas. Que tal usá-la como tratamento em um momento difícil? A musicoterapia é uma técnica que une expressão artística e saúde para promover bem-estar. A explicação para isso é dada pela ciência: a música é capaz de ativar diversas áreas do cérebro ligadas às emoções, sendo capaz de mudar o nosso humor e nossa sensibilidade. É por essa razão que a musicoterapia é indicada como terapia alternativa para as pessoas que estejam com dificuldade de superar o luto. 

As sessões de musicoterapia podem ser feitas de forma individual ou em grupo, ajudando na formação de novas amizades e na retomada de uma vida social ativa, o que pode ser bastante importante num período de luto, no qual a tendência é a pessoa querer se isolar. Além disso, a prática estimula o corpo a liberar emoções, sendo uma técnica eficiente para quem tem dificuldade de se expressar por meio de palavras ou dizer o que sente.

Conheça a hipnoterapia e como ela ajuda com o luto.

A hipnoterapia é uma técnica bastante antiga, utilizada até por Freud, o pai da psicanálise, em seu início de carreira. Na verdade, ela é até mais antiga, tendo registros desse tipo de prática desde o Antigo Egito.

O objetivo da hipnoterapia é auxiliar o paciente a conseguir ressignificar e liberar emoções que ficaram reprimidas, algo bem comum a quem está passando por um período de luto, principalmente em relação à raiva e à sensação de desamparo. Além disso, a hipnoterapia ajuda a desfazer crenças limitantes, ou seja, aspectos que acreditamos como verdadeiros sobre nós mesmos e que podem limitar nossas ações. Em uma situação de luto, as crenças limitantes podem ser, por exemplo, acreditar que nunca mais será feliz sem a presença daquela pessoa que partiu. 

Ao buscar a hipnoterapia como terapia alternativa para lidar com o luto, é importante procurar um profissional qualificado e habilitado para aplicar a técnica.

Conheça a hipnoterapia e como ela ajuda com o luto.

A hipnoterapia é uma técnica bastante antiga, utilizada até por Freud, o pai da psicanálise, em seu início de carreira. Na verdade, ela é até mais antiga, tendo registros desse tipo de prática desde o Antigo Egito.

O objetivo da hipnoterapia é auxiliar o paciente a conseguir ressignificar e liberar emoções que ficaram reprimidas, algo bem comum a quem está passando por um período de luto, principalmente em relação à raiva e à sensação de desamparo. Além disso, a hipnoterapia ajuda a desfazer crenças limitantes, ou seja, aspectos que acreditamos como verdadeiros sobre nós mesmos e que podem limitar nossas ações. Em uma situação de luto, as crenças limitantes podem ser, por exemplo, acreditar que nunca mais será feliz sem a presença daquela pessoa que partiu. 

Ao buscar a hipnoterapia como terapia alternativa para lidar com o luto, é importante procurar um profissional qualificado e habilitado para aplicar a técnica.

Maneira simples de lidar com o luto: faça exercícios físicos.

Realizar exercícios físicos com frequência é uma ótima terapia para o luto. Ao colocar o corpo em movimento, ele ativa com mais frequência a liberação de dois neurotransmissores, a endorfina e a serotonina. Ambas são responsáveis pelas sensações de prazer e bem-estar e, consequentemente, pela diminuição do estresse, tensão e ansiedade. A partir de 15 minutos de exercício, o corpo já começa a liberar endorfina. Ou seja, seu corpo não precisa de práticas exaustivas e que extrapolem o seu limite para receber esse benefício.

A liberação desses neurotransmissores durante o exercício físico auxilia também em outro aspecto: a melhora da qualidade do sono, tornando-se mais relaxante. Muitas pessoas que passam pelo período de luto se queixam da dificuldade para dormir. Por isso, exercitar-se com frequência é uma prática importante e uma ótima terapia para o luto.

Preencha o formulário abaixo para conhecer nossas soluções.

[]
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right

Para conhecer nossas soluções, clique aqui.

Deixe um comentário